O Santuário xintoísta Kitano Tenmangu

November 30, 2015

O Santuário xintoísta Kitano Tenmangu fica em Kamigyo-ku, em Quioto. É um dos muitos santuários japoneses dedicados a Sugawara Michizane, um famoso político e poeta injustamente acusado e exilado pelos seus rivais políticos, há mais de  1000 anos atrás. Diz-se que, após o seu exílio, aconteceram desastres naturais que as pessoas pensaram ser uma maldição de Sugawara. Então, no ano de 947, decidiram erigir um santuário em sua homenagem, para apaziguar o seu espírito.

Como Sugawara Michizane era um poeta e erudito, o seu nome é muito associado à educação. Assim, muitos estudantes visitam este santuário em busca de sucesso nos seus estudos.

Sugawara Michizane gostava de ameixeiras e, por isso, aqui exsitem mais de 1500 ameixeiras que florescem por volta de fevereiro. O Santuário tem ainda um lugar para uma cerimónia do chá de cariz especial, conhecida por Baikasai. Esta cerimónia é praticada todos os anos, no dia 25 de fevereiro, e é acompanhada por maikos e geikos.

O Santuário Kitano Tenmangu também é famoso pelas suas cores outonais, entre novembro e dezembro. Algumas destas árvores de folhas vermelhas têm mais de 350 e 400 anos.

Finalmente, no dia 25 de cada mês, aqui se realiza uma feira de antiguidades, uma das mais famosas de Quioto.unnamed9

unnamed1

unnamed5

unnamed

Horário

05:00-18:00 (até às17:00 entre outubro e março) . A entrada é livre e gratuíta.

Acesso

Apanhar o autocarro /ônibus nº 101 ou nº 50 que sai na Estação de Kyoto. A viagem demora cerca de 40 minutos.

Santuários Kitano Tenmangu, Fushimi Inari-Taisha e Jishu-Jinja

by Shota Furumoto, Shota Ueji, Torakichi Inoue

Kitano Tenman-gu
無題2新無題5

Construído no ano 947, Kitano Tenmangu é um santuário xintoísta, dedicado ao famoso poeta e político do Período Heian, Sugawara no Michizane. Em 986, Michizane foi santificado, tendo-lhe sido conferido o título de “Tenjin”.
Em Kitano Tenman-gu há muitas “ume”, as ameixeiras japonesas, que eram a árvore preferida de Sugawara no Michizane.

Todos os anos, no dia 25 de fevereiro, aqui se realiza o “Festival da Ameixeira em flor”, que coincide com a realização de um mercado. Milhares de pessoas vêm a este santuário, que é muito popular entre os estudantes, que aqui vêm pedir boa sorte nos seus estudos. Afinal, Sugawara no Michizane era um famoso académico.

ACESSO
Autocarro / Ônibus nº50, que sai da Estação de Quioto.
Endereço: 602-8386 Kyoto-shi, Kamigyo-ku, Bakuro-cho, Kitanotenmangushamusho
Telefone:075-461-0005
Horário:9.00a.m.-5.00p.m.

Fushimi Inari-Taisha
無題1無題

Fushimi Inari-Taisha é o santuário principal de Inari, no bairro de Fushimi-ku, em Quioto. A sua construção decorreu entre os anos 708 e 715. Inari era uma divindade muito popular entre os mercadores e comerciantes. Diz-se que há entre trinta e quarenta mil santuários dedicados a Inari Inari em todo o Japão, a sua maioria divididos por Fushimi-Inari Taisha.

Muito comuns nas redondezas dos Santuários de Inari, as raposas eram vistas como mensageiras. Diz-se que traziam na boca a chave dos celeiros de arroz. Por isso, Inari-shin é considerada a divindade da agricultura, com benefícios não só para a agricultura, mas também para o comércio, negócio, etc.

Palco de cenas de alguns filmes americanos, nos últimos anos, Fushimi Inari-Taisha tornou-se muito popular entre os turistas estrangeiros. Durante os dias da semana, há mais estrangeiros do que japoneses a visitar este Santuário.

ACESSO
Por comboio / trem, estação de Inari, da linha Nara do JR. Em alternativa, pode sair na Estação de Fushimi-inari da Linha Keihan.
Por autocarro / ônibus, sair em Fushimi-inari-taisha-mae.
Endereço: 68 Fukakusa, Yabunouchi-cho, Fushimi-ku, Kyoto
Telefone: 075-641-7331
Homepage: http://inari.jp/

Jishu-Jinja
無題4無題5

Quioto é um dos mais famosos lugares turísticos do mundo. Entre os seus inúmeros santuários encontra-se o Jishu-Jinja, situado no lado norte do Templo Kiyomizu-dera.

A divindade deste santuário é Okuninushi. Jishu-Jinja é famoso entre as senhoras mais jovens, pois diz-se que dá boa sorte para o casamento. Segundo a lenda, quem conseguir fazer um caminho de cerca de dezoito metros entre duas pedras, com os olhos fechados, o seu desejo amoroso será realizado.

Juntamente com o Templo Kiyomizu-dera, o Santuário Jishu-Jinja foi classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, em 1994.

ACESSO

Tomar o autocarro/ônibus número 207 em Kawaramachi e sair em Jishu-Jinja (o bilhete custa 230 ienes).
Também pode tomar os autocarros/ônibus número 100 ou 206 na Estação de Quioto e sair em Gojo-zaka.
Telefone: 075-541-2097
Endereço: 1-317, Kiyomizu, Higashiyama-ku Kyoto-shi, Kyoto, 605-0862
Horário : 9:00-17:00

O Templo de Kiyomizu

by Kanako Takahashi; Tomoe Tsukada; Nami Yamada

【1. História】

O Templo de Kiyomizu foi construído no ano de 780 por Sakanoueno Tamuramaro, famoso chefe militar da Era Heian. Foi reconstruído em 1633 por Iemitsu Tokugawa, terceiro shogun da dinastia Tokugawa. Este templo é o segundo mais antigo de Kyoto.

【2. Os defensores do templo】

Quando visitamos o templo de Kiyomizu, vemos esta paisagem da fotografia. Primeiro, vejamos o portão. Diz-se que ao atravessá-lo, nos afastamos dos desejos mundanos, pois entramos no terreno sagrado do templo. Em seguida, nos deparamos com as estátuas de cães. Eles são os defensores dos templos e dos santuários xintoístas. São chamados Koma-Inu. Dizem que a origem deles está na Pérsia e na Índia entre os séculos 3 e 4. Em geral, o da direita está abrindo a boca e o da esquerda está fechando. Mas, estes do templo de Kiyomizu estão ambos abrindo a boca. Dizem que a razão é mostrar que eles estão dando as boas vindas aos visitantes que subiram a longa ladeira até a entrada do templo.


【3. Hondo ― O pavilhão principal】

Este prédio da fotografía é o pavilhão principal. Para a nossa surpresa, esse prédio foi construído sem nenhum prego. Como é possível um prédio de tamanha altura ser sustentado sem pregos?O fato é que 139 pilares e 90 vigas encaixados estão sustentand. Assím, é muito forte e poder resistir a qualquer desastre natural.

【4. Jishu: um santuário xintoísta dentro do templo】

A história deste santuário xintoísta é muito antiga, mas não se sabe ao certo quando foi construído. Dizem que é muito bom para quem deseja arranjar casamento e é popular entre as mulheres em especial. Trinta mil turistas visitam esse santuário por mês. O prédio atual foi construído em 1633 por Iemitsu Tokugawa. Lá há duas pedras que nos mostram a sorte no amor. A distância das pedras é de 10 metros. Se você visitar esse santuário, experimente o seguintes: primeiro, ande com os olhos fechados de uma pedra até a outra. Se você for capaz de andar sem receber orientação dos amigos, você terá sorte no amor. Mas, se você precisar da orientação dos amigos, também precisará de conselhos no amor.

【5. Tetsugeta】

São tamancos japoneses. Esses tamancos são de ferro. Dizem que se as mulheres os tocarem, elas nunca terão problemas em encontrar sapatos que as agradem. Mas se os homens os tocarem, eles nunca poderão trair suas esposas, porque estarão ligados a elas por correntes.

【6.Syakujyou】

Syakujuyou é um dos instrumentos do Buda. Tocamos o sino de cima e, com o tilintar, podemos eliminar os desejos mundanos. Mas, na verdade, é usado quando os monjes budistas recitam as escrituras sagradas.

【7.Acesso ao Templo de Kiyomizu】

Para chegar ao templo, pegue o ônibus número 206 ou 100 da estação de Kyoto, desça na parada Gojo-zaka e ande mais ou menos 10 minutos até o templo.

Santuários e Templos da Zona Leste

by Yuko Yamakawa; Ayaka Wakai

 

Aqui são apresentados alguns templos e santuários da zona Leste de Quioto.

 

新日吉神宮 / Imahie-Jingu
(Santuário)


Situa-se na zona nordeste de Quioto, que é considerada como uma área de azar, com a entrada e saída de demônios. Assim, este Santuário, com uma longa História, serve como segurança para a cidade de Quioto.

Endereço : 451-1 Maekawa-cho Miohoin, Higashiyama Shichi-jo Higashi-hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3769
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Grátis

 

蓮華王院 三十三間堂 / Rengeo-in Sanjusangen-do
(Templo)


Um templo sublime com 1.001 estátuas de Kuan Yin.

Endereço : 657 Mawari-cho, Sanjusangen-do, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-0467
Horário : Das 8h às 17h. Excepcionalmente, de 16 de novembro a março, é das 9h às 16h. A bilheteria está aberta até meia hora antes do encerramento do templo.
Ingresso Individual : Adultos – ¥600, Estudantes de 13 a 18 de idade – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

泉涌寺 / Sennyu-ji
(Templo)


Um templo silencioso que situa-se em baixo do monte Getsurin na serra Higashiyama.

Endereço : 27 Yamanouchi-cho, Sennyu-ji , Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-1551
Horário : Das 9h às 16h30. Excepcionalmente, de dezembro a fevereiro, é das 9h às 16h.
Ingresso Individual : ¥500, Com visita ao jardim – mais ¥300
Estacionamento : Grátis

 

瀧尾神社 / Tatsuo Jinja
(Santuário)


Um santuário protegido por um Dragão de escultura grande em madeira.

Endereço : 11-chome 718, Hon-machi, Higashiyama-ku
Telefone : 075-531-2551
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Grátis

 

智積院 / Chishaku-in
(Templo)


O centro de Chizan-ha, um grupo japonês do budismo shingon de Wakayama.

Endereço : 960, Higashikawara-cho, Higashi-oji-dori Shichi-jo Kudaru, Higashiyama-ku
Telefone : 075-541-5361
Horário : Das 9h às 16h
Ingresso Individual : ¥500
Estacionamento : Grátis

 

東福寺 / Tofuku-ji
(Templo)


Um sítio famoso pelo céu com as folhas vermelhas de outono.

Endereço : 15-chome-778, Hon-machi, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-0087
Horário : Das 9h às 16h. Excepcionalmente, em novembro, é das 8h30 às 16h30. A bilheteria está aberta até meia hora antes do encerramento do templo.
Ingresso Individual : Ponte e Templo Adultos – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Jardim Adultos – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

豊国神社 / Toyokuni Jinja
(Santuário)


Este suntuário foi criado em honra de Hideyoshi Taiko, conhecido também como Hideyoshi Toyotomi. Ele era um Daymyo do Período Sengoku, que unificou no Japão.

Endereço : 530 Chaya-machi, Yamato-oji Shomen, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3802
Horário : Livre Excepcionalmente, o museu está aberto das 9h às 17h. A bilheteria está aberta até meia hora antes de cada fechamento.
Ingresso Individual : Grátis, Com visita ao museu – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

法住寺 / Hoju-ji
(Templo)


Este templo foi criado para honrar as mortes dos samurais que protegeram o 77º imperador do Japão, Go-Shirakawa.

Endereço : 655 Mawari-cho, Sanjusangen-do, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-4137
Horário : Das 6h às 17h
Ingresso Individual: ¥300 com um panfleto
Estacionamento : Grátis

 

三嶋神社 / Mishima Jinja
(Santuário)


Este santuário é utilizado para receber a benção da gravidez e de um parto feliz. O mensageiro deste Deus é uma carpa.

Endereço : 3-Chome, Kamiuma-cho, Todai-ji-dori Higashi-hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-531-5012
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Só para um carro.

 

養源院 / Yogen-in
(Templo)


Onde repousam algumas personagens importantes, Nagamasa Azai, Hideyoshi Toyotomi e Hidetada Tokugawa, que viveram e lutaram no período Sengoku entre a metade do século XV e o início do século XVII.

Endereço : 451-1 Maekawa-cho Miohoin, Higashiyama Shichi-jo Higashi Hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3887
Horário : Das 9h às 16h Excepcionalmente, nos dias 21 de janeiro, de maio e de setembro, o templo está aberto das 13h às 15h.
Ingresso Individual : ¥500
Estacionamento : Grátis

Ujigami-Jinja

by Kiyomasa Taniguchi; Masatakta Sato; Mitsunobu Tokunaga

Santuário xintoísta de Ujigami (Ujigami-jinja)
O Santuário Xintoísta de Ujigami que construido na era Heian do Japão, sendo a mais antiga construção xintoísta no Japão, sendo também designado de tesouro nacional.

Aqui se pode ver o portão do templo xintoísta. No recinto, existe o Haiden (a ante-sala de um templo),
o Honden (o santuário principal de um templo), o Kirihara-Sui (a água de nascente) e Keyaki.

1.Haiden(a ante-sala de um templo)

Haiden é um tesouro nacional. Foi construido com Hinoki(um cipreste japonês parecido com cedro, de folha suave e boa madeira) da era de Kamakura(1185-1333) .O vistante fica fascinado com esta vista graciosa. Atrás do Haiden, fica o Honden.Antigamente as pessoas se sentavam aqui em contemplação.

2.Honden

O Honden é também um tesouro nacional.
O Honden foi construido com a madeira da era Heian (794-1185).
No Japão, é a mais antiga construção xintoísta. Em Hoden, há trés altares,onde se veneram Ujinowakiiratuko, o Imperador Ojin e o Imperador Jintoku.

Sobre Ujinowakiiratsuko
Ujinowakiiratsuko era o terceiro filho, mas era o favorito do Imperador Ojin.
Assim,este nomeou-o príncipe herdeiro.Após a morte do Imperador Ojin,começou a luta pelo trono.

Oyamamori-no-miko(meio-irmão de Ujinowakiiratsuko) iniciou a rebelião,
e Ujinowakatuko se refugiou numa casa de campo perto de Rio de Uji. Depois de renunciar à sucessão,Ujinowakiiratuko se suicidou.O nome da cidade de Uji(fica no sul de Kyoto) tem origem no nome de Uji-no-wakiiratuso,
porque ele morava numa casa de campo perto do Rio de Uji.

3.Kirihara-Sui (a água de nascente) e Keyaki(a altaneira).

Kirihara-sui é a água de nascente.

A altaneira tem 300 anos,com um altura de 27metros.

4.O templo xintoísta de Uji e o templo xintoísta de Ujigami

Aqui se pode ver o templo xintoísta de Uji. Aqui se situa a estátua de Ujinowakiiratuko.Este templo e o templo xintoísta de Ujigami foram construidospara proteger o famoso Byo-do-in antes da Reatauração do imperador Meiji.

5.Sawarabi-no-Michi (a viela de Sawarabi)

Sawarabi-no-Michi continuou o Templo xintoísta de Ujigami. Esta viela é muito tranquila,
e tem a mesma atmosfera de antigamente. As pessoas se divertem passeando.

6. A vista dos arredores

Nas arredores do templo xintoísta, todo o ano, nós podemos ver a vista linda. Principalmente,na primavera, a cerejeira que fica perto de Rio de Uji é muito linda, no outono,as árvores em frente ao portão do templo xintoísta avermelham-se lindamente. O templo xintoísta de Ujigami é um tesouro tradicional do Japão. A vista que tem atmosfera do era Heian deslumbra os turistas.Acesso para Templo Xintoísta de Ujigami(Ujigamijinja)
Descer na Estação de Keihan Uji e depois 6 minutos a pé.
telefone:0774214634
admissão: grátis

Matsuo-Taisha

by Mitsunobu Tokunaga; Takamasa Nishizaki

Matsuo-taisha é um dos templos xintoístas mais antigos de Quioto. No recinto do templo, há três jardins japoneses cheios de beleza e que causam boa impressão por causa da colocação das pedras. Os nomes desses jardins são Jyoko, Kyokusui e o Hourai. Este também é famoso por ser o Deus das bebidas alcoólicas. No recinto do templo, há a água de Kamei que se diz especialmente apropriada para a fermentação, a fazer fé nos comerciantes de bebidas alcoólicas. Além disso, esta água é famosa por ser considerada causa de longevidade da vida. Aqui decorre também o Festival Matsuo.

O jardim de Jyoko(também conhecido por Iwakura)

Jyoko significa“Há muito, muito tempo atrás”.
Antigamente, diz-se que não era um santuário neste templo xintoísta, e a pedra dentro do monte é o lugar onde o Deus fica.
Esse lugar também é chamado “Iwakura” ou “Iwasaka.
Esta obra mostra o lugar onde um ritual era cumprido, no monte Matsuo desde que este santuário foi construido.
Cada pedra deste jardim exprime um Deus.
Além disso, a pedra do centro exprime o Deus do homem e da mulher, e as pedras à volta mostram os deuses que obedecem à pedra do centro.

O jardim de Kyokusui

Foi durante o Período Heiyan que Matsuo-taisha mais prosperou e o jardim de Kyokusui exprime bem esse fato.

O jardim de Hourai

Hourai significa o mundo de um eremita lendário que vive nas montanhas da eterna juventude, e a idéia de Hourai que se sente atraída por esse mundo entrou na moda na época de Kamakura.
A pedra deste jardim parece a ave da eterna juventade, e as pessoas que vêemm isso sentem-se como se morassem no mundo do eremita lendário que vive nas montanhas.

O festival de Matsuo

O festival de Matsuo realiza-se há mais de mil anos.
Há duas cerimônias diferentes dentro do festival de Matsuo.
Uma é a Jinkou, em que os crentes são recebido na cidade, e a outra é o festival de Kankou, em que uma miniatura do santuário permanece durante três semanas na cidade (regressando depois a Matsuo-Taisha).

Data da realização

Primeiro domingo depois do dia 20 de abril.

O destaque

O festival Matsuo é famoso por Funatogyo.
Funatogyo significa o ritual xintoísta que manda do barco um espírito divino e o corpo de Deus até o mar ou o rio.
O destaque mais magnífico é que o santuário da miniatura manda do barco passa um rio de Katsura lentamente.

O objetivo deste festival

Este festival é cumprido para orar pela boa colheita e pela segurança dos crentes, e outros.

Acesso

Descer na estação de Arashiyama de trem (Linha Hankyu)

TEMPLO OTA E FESTIVAL AOI

by Tomomi Serizawa

O Ota-Jinja (Templo Ota) é um pequeno santuário xintoísta situado perto do Templo Kamigamo. Desde há muitos anos que este lugar é famoso, devido à beleza das íris que aqui florescem em Maio, todos os anos. Em 1190, o poeta Fujiwara-no-Shunzei compôs um poema em que imortalizou a beleza do Ota-Jinja. No roxo profundo dos lírios, este poeta viu um reflexo dos seus próprios sentimentos.

Todos os anos no dia 15 de Maio, aqui se realiza o Festival Aoi (Aoi Matsuri), cuja descrição está registada numa das mais famosas obras literária japonesas: o Conto de Genji (Genji-Monogatari). Durante este festival, uma procissão se realiza entre os templo Kamigamo e Shimogamo, tornando esta zona muito aconselhável a todos os turistas que aqui se desloquem em Maio. A procissão tem início às 10:30 da manhã, no Kyoto-Gosho (Palácio Imperial de Quioto) e chega no Templo Shimogamo, por volta das 11:30. Às 14:00, continua até ao Templo Kamigamo, onde chega às 15:30.

ACESSO TEMPLO OTA

Ponto de ônibus: Kamigamo-Jinja-Mae
Número de ônibus (Shi-bus): 4,46, 67
Número de ônibus (Kyoto-bus): 32, 34, 35, 36, 38, 39
Endereço:Kyoto-Gyoen 3, Kamigyo-ku
Estação de metrô: Imadegawa, Marutamachi (cerca de 8 minutos a pé)

TEMPLO OTA E FESTIVAL AOI

by Tomomi Serizawa

O Ota-Jinja (Templo Ota) é um pequeno santuário xintoísta situado perto do Templo Kamigamo. Desde há muitos anos que este lugar é famoso, devido à beleza das íris que aqui florescem em Maio, todos os anos. Em 1190, o poeta Fujiwara-no-Shunzei compôs um poema em que imortalizou a beleza do Ota-Jinja. No roxo profundo dos lírios, este poeta viu um reflexo dos seus próprios sentimentos.

Todos os anos no dia 15 de Maio, aqui se realiza o Festival Aoi (Aoi Matsuri), cuja descrição está registada numa das mais famosas obras literária japonesas: o Conto de Genji (Genji-Monogatari). Durante este festival, uma procissão se realiza entre os templo Kamigamo e Shimogamo, tornando esta zona muito aconselhável a todos os turistas que aqui se desloquem em Maio. A procissão tem início às 10:30 da manhã, no Kyoto-Gosho (Palácio Imperial de Quioto) e chega no Templo Shimogamo, por volta das 11:30. Às 14:00, continua até ao Templo Kamigamo, onde chega às 15:30.

ACESSO TEMPLO OTA

Ponto de ônibus: Kamigamo-Jinja-Mae
Número de ônibus (Shi-bus): 4,46, 67
Número de ônibus (Kyoto-bus): 32, 34, 35, 36, 38, 39

Endereço:Kyoto-Gyoen 3, Kamigyo-ku
Estação de metrô: Imadegawa, Marutamachi (cerca de 8 minutos a pé)

Kamigamo

by Tomomi Serizawa

O santuário xintoísta Kamigamo pertence ao Grande Santuário Kamo, que é constituido por dois templos (Kamigamo e Shimogamo). Ambos se situam perto do rio Kamogawa: Kamigamo-Jinja fica a Norte e Shimogamo-Jinja a Sul.

O nome formal do Templo Kamigamo é “Kamo-Wake-Ikazuchi-Jinja”. “Ikazuchi” significa “trovão”, pois Kamigamo-Jinja, o deus do trovão, é o patrono deste templo.

No ano 678 d.C., o Imperador Tenmu construiu este templo, para servir de lugar de contemplação à montanha onde, reza a lenda, um dia o deus do trovão desceu.

Desde que foi construído em 678 d.C., este santuário foi reconstruído várias vezes. A sua forma atual deve-se ao Imperador Komei, que deu ordem para edificar o presente edifício em 1863.

Endereço: Kyoto-shi Kita-ku Motoyama 339
Telefone: 075-781-0011

Horário: 9:00~20:30
Entrada: grátis (500 ienes para visita guiada)

ACESSO

Ponto de ônibus: Kamigamo-Jinja-Mae
Número de ônibus (Shi-bus): 4,46, 67
Número de ônibus (Kyoto-bus): 32, 34, 35, 36, 38, 39




O Santuário Xintoísta de Shimogamo

by Kozue Kaida

O seu nome verdadeiro é “O Santuário Xintoísta de Kamomioya”. Este santuário chama-se “Kamo-sha” por juntar com o Santuário Xintoísta de Kamigamo.
A história deste santuário é muito antiga, por isso, não se sabe ao certo quando foi construído. Desde o século V, a família Kamo aparecia como uma família poderosa e dominante. Este santuário deifica os espíritos ancestrais da família Kamo e celebra os deuses do xintoísmo.
Estes deuses são “Kamotaketsunumi-no-Mikoto” (o deus da paz mundial, dos cereais abundantes, do talismã, etc.) e “Tamayorihime-no-Mikoto” (a defensora feminina e a deusa de fertilidade, etc.).

<A Floresta de Tadasu>

Esta floresta, situada no interior do santuário, já aparece em obras clássicas da literatura japonesa “Genji-Monogatari” e “Makurano-Soshi”. De acordo com a lenda, Kamotaketsunumi-no-mikoto ouvia os pedidos de pessoas na floresta e julgava corretamente ou erradamente.

<Ro-mon e Mai-dono>


Passado o acesso ao santuário na Floresta de Tadasu, encontra-se um grande portal. Ao fundo, podemos apreciar “Ro-mon”, considerado uma importante herança cultural.
“Mai-dono”, o mais destacado dos palácios deste templo, é utilizado no Festival Aoi (Kamo-Sai)

<O Rio Mitarashi e a Ponte Sori>

No dia de canícula, realiza-se uma cerimônia em que as pessoas molham as suas pernas no rio e fazem preces para prevenir as pestes e as doenças. Ao lado desta ponte, existe uma famosa ameixeira chamada “Flor da Ameixeira de Korin”.

Perto do santuário, existe uma loja de doces, onde se pode comprar “Mitarashi-Dango”, um doce típico japonês, com a sua origem neste local. Este doce exprime as espumas das águas do fundo da lagoa. Esta loja chama-se “Kamo-Mitarashi Chaya”.

<O Festival Aoi>

Como uma festa representativa, todos os anos, em 15 de Maio, realiza o “Festival Aoi (Kamo-Sai)” com o Santuário Xintoísta de Kamigamo. Pensa-se que esta festa teve início no ano 545. No Período Heian, este festival já era famoso, mantendo-se ainda hoje como uma das celebrações mais conhecidas de todo o Japão.

<Acesso ao Santuário Xintoísta de Shimogamo>

Pegue o ônibus número 205 no terminal de ônibus da Estação JR de Quioto. Desça na parada “Shimogamo-jinja-mae”.