Santuários e Templos da Zona Leste

April 26, 2010

by Yuko Yamakawa; Ayaka Wakai

 

Aqui são apresentados alguns templos e santuários da zona Leste de Quioto.

 

新日吉神宮 / Imahie-Jingu
(Santuário)


Situa-se na zona nordeste de Quioto, que é considerada como uma área de azar, com a entrada e saída de demônios. Assim, este Santuário, com uma longa História, serve como segurança para a cidade de Quioto.

Endereço : 451-1 Maekawa-cho Miohoin, Higashiyama Shichi-jo Higashi-hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3769
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Grátis

 

蓮華王院 三十三間堂 / Rengeo-in Sanjusangen-do
(Templo)


Um templo sublime com 1.001 estátuas de Kuan Yin.

Endereço : 657 Mawari-cho, Sanjusangen-do, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-0467
Horário : Das 8h às 17h. Excepcionalmente, de 16 de novembro a março, é das 9h às 16h. A bilheteria está aberta até meia hora antes do encerramento do templo.
Ingresso Individual : Adultos – ¥600, Estudantes de 13 a 18 de idade – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

泉涌寺 / Sennyu-ji
(Templo)


Um templo silencioso que situa-se em baixo do monte Getsurin na serra Higashiyama.

Endereço : 27 Yamanouchi-cho, Sennyu-ji , Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-1551
Horário : Das 9h às 16h30. Excepcionalmente, de dezembro a fevereiro, é das 9h às 16h.
Ingresso Individual : ¥500, Com visita ao jardim – mais ¥300
Estacionamento : Grátis

 

瀧尾神社 / Tatsuo Jinja
(Santuário)


Um santuário protegido por um Dragão de escultura grande em madeira.

Endereço : 11-chome 718, Hon-machi, Higashiyama-ku
Telefone : 075-531-2551
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Grátis

 

智積院 / Chishaku-in
(Templo)


O centro de Chizan-ha, um grupo japonês do budismo shingon de Wakayama.

Endereço : 960, Higashikawara-cho, Higashi-oji-dori Shichi-jo Kudaru, Higashiyama-ku
Telefone : 075-541-5361
Horário : Das 9h às 16h
Ingresso Individual : ¥500
Estacionamento : Grátis

 

東福寺 / Tofuku-ji
(Templo)


Um sítio famoso pelo céu com as folhas vermelhas de outono.

Endereço : 15-chome-778, Hon-machi, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-0087
Horário : Das 9h às 16h. Excepcionalmente, em novembro, é das 8h30 às 16h30. A bilheteria está aberta até meia hora antes do encerramento do templo.
Ingresso Individual : Ponte e Templo Adultos – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Jardim Adultos – ¥400, Crianças de 7 a 12 anos de idade – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

豊国神社 / Toyokuni Jinja
(Santuário)


Este suntuário foi criado em honra de Hideyoshi Taiko, conhecido também como Hideyoshi Toyotomi. Ele era um Daymyo do Período Sengoku, que unificou no Japão.

Endereço : 530 Chaya-machi, Yamato-oji Shomen, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3802
Horário : Livre Excepcionalmente, o museu está aberto das 9h às 17h. A bilheteria está aberta até meia hora antes de cada fechamento.
Ingresso Individual : Grátis, Com visita ao museu – ¥300
Estacionamento : Grátis

 

法住寺 / Hoju-ji
(Templo)


Este templo foi criado para honrar as mortes dos samurais que protegeram o 77º imperador do Japão, Go-Shirakawa.

Endereço : 655 Mawari-cho, Sanjusangen-do, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-4137
Horário : Das 6h às 17h
Ingresso Individual: ¥300 com um panfleto
Estacionamento : Grátis

 

三嶋神社 / Mishima Jinja
(Santuário)


Este santuário é utilizado para receber a benção da gravidez e de um parto feliz. O mensageiro deste Deus é uma carpa.

Endereço : 3-Chome, Kamiuma-cho, Todai-ji-dori Higashi-hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-531-5012
Horário : Livre
Ingresso Individual : Grátis
Estacionamento : Só para um carro.

 

養源院 / Yogen-in
(Templo)


Onde repousam algumas personagens importantes, Nagamasa Azai, Hideyoshi Toyotomi e Hidetada Tokugawa, que viveram e lutaram no período Sengoku entre a metade do século XV e o início do século XVII.

Endereço : 451-1 Maekawa-cho Miohoin, Higashiyama Shichi-jo Higashi Hairu, Higashiyama-ku
Telefone : 075-561-3887
Horário : Das 9h às 16h Excepcionalmente, nos dias 21 de janeiro, de maio e de setembro, o templo está aberto das 13h às 15h.
Ingresso Individual : ¥500
Estacionamento : Grátis

Monte Kurama e o Templo Kurama

by Sato Masataka; Kiyomasa Taniguchi; Mitunobu Tokunaga

Kurama-Yama
[ Monte Kurama e o Templo Kurama ]


Sobre o monte Kurama

O monte Kurama (Kurama-yama) fica no norte da cidade de Kyoto. Todos os anos, muitos turistas visitam este monte.

O monte Kurama é alvo da veneração de muitos visitantes. Diz-se que os espíritos dos Amor, Luz e Força coexistem neste monte.

O monte Kurama é um local com história, literatura,arte, e natureza, mas é também um monte de veneração. Bonzos budistas visitam-no na procura do ascetismo. Neste monte há vários templos, cada um com a sua divindade.

Aqui residem várias lendas. O quadro acima é a aparição fantástica de KURAMA-TENGU. Diz-se que KURAMA- TENGU mora desde há muito tempo.

1o pórtico dos dois deuses-guardiões

Aqui se pode ver NIO-MON(o pórtico NIO). Este pórtico, representando os dois deuses-guardiões, foi reconstruido em 1911.Este portão é a entrada do monte. A entrada custa 200 ienes.

O templo xintoísta yuki

Aqui se pode ver o templo xintoísta Yuki, reconstruido em 940. Yuki significa “estojo das flechas “. Este templo foi edificado para a paz no mundo.

a torre do ofício/ o Príncipe Yoshitsune

Nesta imagem vemos o lugar onde Minamoto-no-Yoshitune morava. Ele é um homem famoso na História do Japão e um general dos finais da era Heian. Diz-se que quando ele era ciança, perdeu seu pai e foi deixado neste templo. KURAMA-TENGU viu Yoshitune e sentiu pena. Então KURAMA-TENGU acolheu-o e ensinou-lhe as artes marciais. Esta lenda é muito famosa no Japão e episódio frequente na literatura japonesa.

Inochi

Inochi é o símbolo deste monte (uma estátua que representra amor, luz e força).Tyumon

Este portão se situa antes de NIO.

Tenporindo

Uma imagem budista com 3m e 5,60cm senta-se com dignidade.

Hondenkondo

Este templo xintoísta é o maior da montanha. Há um tesouro por debaixo desta construção.

Osugigongen

Este cedro tem mais ou menos mil anos. Os crentes vêm orar aqui.

Santuário de Yoshitune

Minamoto no Yoshitune é venerado neste santuário. Yoshitune se suicidou após uma luta em 1189, mas diz-se que alma permanece aqui.

Okunoinmaouden

Diz-se que satanás veio do planeta Vénus há 6 milhões e 500 mil anos. Esta construção consola-o.

Aqui se pode ver a saida do monte. Desde a entrada, este percurso demora mais ou menos uma hora e meia.

A festa da fogueira do monte KURAMA:

Em 940, se realizou a primeira festa da fogueira do monte KURAMA. Diz-se que as pessoas que viviam em Kyoto oraram pela paz; em mais ou menos 940 o mundo estava caótico pelas lutas, calamidades naturais (terremotos, etc).

Durante esta festa, realiza-se uma cerimônia onde se acende uma grande fogueira.

INFORMAÇÕES ÚTEIS

Telefone :

0757412003

Entrada :

200 ienes

Acesso:

descer na estação de Kurama.

Kinkakuji

by Ryosuke Yamamoto; Junichi Satou

金閣寺
Nome:Rokuon-ji (Pavilhão Dourado)

Nome Popular:Kinkaku-ji

Local: 1 Kinkakuji-chô,Kitaku, Quioto-shi, Quioto

Anos da Construção:1397anos

Fundador:Yoshimitsu Ashikaga

Acesso:Tem que pegar o ônibus e descer em frente de Kinkaku-ji ou Kinkakuji-michi.

Tarifa:400 ienes

É um dos templos mais conhecidos do Japão.

Kinkaku-ji (Pavilhão Dourado) foi destruido por um incêndio em 1950, mas reconstruido 5 anos depois.
Foi classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1994.

Este templo se caracteriza pelas folhas de ouro que o cobrem. Quando relfetido na lagoa em frente é uma visão magnífica para os visitantes.

O templo tem três andares. O primeiro é construido com um estilo diferente, conhecido por ¨Shinden-dukuri¨. O segundo andar tem a denominação de ¨Buke-dukuri¨ e o terceiro ¨Zensyu-you¨.

História

O local onde o Pavilhão Dourado (designado formalmente por ‘Shariden’) se situa foi usado por volta de 1220 como local de descanso para Kintsune Saionji, mas o pavilhão em si só foi construído em 1397, para servir como casa de repouso para o shogun Yoshimitsu Ashikaga. O seu filho foi o responsável pela conversão num templo Zen de orientação Rinzai.
Durante a Guerra dos Onin, o templo foi queimado várias vezes.

O neto de Yoshimitsu criou o Ginkaku-ji (Pavilhão de Prata) inspirado no Kinkaku-ji, e tencionava cobri-lo de prata, o que acabou por não conseguir fazer.

Outuno de Quioto

by RyosukeYamamoto; HattaMariko; Yoshimasa Saito

No Japão costuma-se contemplar a natureza no outono. O outuno de Quioto é conhecido pelo vermelho das suas folhas, ou o chamado “momiji”.

De acordo com vários inquéritos realizados no Japão, o lugar mais famoso para contemplação das folhas vermelhas de Quioto é o Templo Kyomizudera.

Em segundo lugar, está Arashiyama, cujo nome significa “Montanha da Tempestade”.

Em terceiro lugar estão o Templo Sanzen-in e o Templo Eikando.

O Templo Sanzen-in fica um pouco afastado do centro da cidade, a cerca de uma hora da Estação de Quioto. O “momiji” do Templo Eikando é muito famoso em todo o Japão.

Voltando ao Templo Kyomizudera, pode visitar este local pegando o ônibus nº3 na Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto, saindo em Kawaramachi. Aí, pega o ônibus nº207 até Kyomizumichi. Aqui poderá subir o caminho conhecido por “Kyomizuzaka”, durante mais ou menos um quilômetro. Durante este passeio, tem muitas lojas pequenas onde poderá comprar lembranças.

Não só no outono, mas durante todo o ano este lugar é visitado por muitos turistas. Este lugar foi classificado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Este templo tem um grande terraço onde poderá observar o “momiji” no seu esplendor. Este local está aberto à noite e iluminado em novembro e dezembro. Se estiver em Quioto nestes meses, não deverá perder esta experiência!

Castelo Nijo

by Erika Harada; Mamiko Takasaki; Yoshitomo Muroi

História do Castelo de Nijo

A construção do Castelo foi ordenada por Ieyasu Tokugawa em 1603. Em 1788, houve um incêndio em Quioto e parte do Castelo foi destruida.
Em 1867, o governo do Japão é devolvido ao Imperador e, um ano depois, a família Tokugawa entrega a tutela do castelo à Família Imperial.
A partir de 1939, o município de Quioto passou a administrar o Castelo de Nijo e um ano depois o seu interior é aberto a todos os que o desejam visitar.
Em 1952, o Castelo é indicado como Tesouro Nacional e em 1994 a UNESCO escolhe o castelo como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Interior de Castelo

Explicação

Dentro do Castelo existem 3000 desenhos e 954 são considerados como tesouros importantes da Cultura Japonesa.

Pintor

Os desenhos no interior têm nomes e decorações próprias e as pinturas foram feitas pelo pintor Kanou Tanyu.

Espaço no interior

Castelo de Nijo tem cinco espaços em seu interior.
1.Shiro-Shoin

2.Kuro-Shoin

3.Ouhiroma

4.Shikidai

5.Toosamurai

Flores de Nijo



Jardim do Castelo de Nijo

O jardim de Ninomaru
Outro nome: O jardim de Hachijim
Características

  • Há uma lagoa no centro
  • Tem três ilhas que flutuam na lagoa,
    chamadas de Ilha de Hourai,
    IIha de Came,IIha de Tsuru

Jardim de Honmaru

Características

  • Foi completado em 1896.
  • Esse jardim tem estilo ocidental.
  • O gramado e as plantas são o centro do jardim.

Jardim de Seiryuen

Característica

  • Foi construido em 1965.
  • Combinação de estilo japonês e ocidental.

A administração do Jardim

A manutenção e administração do jardim são feitas pelo pessoal da cidade de Kyoto que fazem

  • Proteção das cicadáceas(tipo de palmeira) contra o frio.
  • Eliminação das folhas dos pinheiros.

Outras Informações

O mapa

Asesso
Trem

Na Estaçao de Quioto, tomar trem JR para Nijo
Descer em frente.

Bilhete

Adultos:600 ienes
Estudante ginásio e colégio:350 ienes
Estudante primário:200 ienes

Horário

das 9:00 às16:00(fechado nas terças feiras)

Templo de Kiyomizu

by Mitsunobu Tokunaga; Takamasa Nishizaki; Takuya Nishimura

O templo de KIYOMIZU, que significa “água pura” faz parte do conjunto dos templos famosos existentes em Quioto.
Trata-se de um lugar de turismo muito apreciado e muitos turistas o visitam sem se preocuparem de qual seja a estação ano.
O templo de KIYOMIZU registado como um do tesouros culturais do Japão, sendo também patrimônio cultural da humanidade.
O templo foi incendiado durante uma guerra mas foi reconstruído por Iemitsu Tokugawa em 1633

No templo há um edificio principal que se chama “KIYOMIZU NO BUTAI” (o palco de KIYOMIZU). No Japão há um ditado famoso que diz: “KIYOMIZU NO BUTAI KARA TOBIORIRU TSUMORIDE”, o que significa〝Atrever-se a saltar do palco de KIYOMIZU”Muitas pessoas saltavam e sobreviviam…
Segundo nossa pesquisa sobre KIYOMIZU, houve pessoas que saltaram no período de 1694 até 864, e cerca 85.4 %viveram.
Mas, o governo proibiu esse ato de saltar em 1872.
A paisagem do palco harmoniza-se bem com a encosta da montanha chamado “OTOWA”, e atrai muitos turistas todos os dias.

EVENTOS

No templo de KIYOMIZU existem muitos eventos, e desta vez vamos explicar sobre a visita especial realizada a noite. Durante o outono quando ocorre o avermelhamento das folhas das árvores o espaço é iluminado à noite, e a contemplação da paisagem fica ainda mais bela.
Na primavera se pode contemplar as flores das cerejeiras.

PREÇOS e HORÁRIO

O ingresso para entrar neste Templo custa 300 ienes para adultos e custa 200 ienes para estudantes do ensino de primeiro grau e de segundo grau.
O Templo geralmente está aberto das 6 horas da manhã até às 6 horas da tarde.

ACESSO

Se quisermos ir ao templo de KIYOMIZU, podemos escolher:
1.Tomar ônibus nº 206 ou 100 da Estação de Quioto, sair em GOJYOU ZAKA, e caminhar 10 minutos a pé.

2.Tomar o ônibus nº 18 na Estacão de Quioto 9, indo até HIGASHIYAMA GOJYOU, e caminhando 10 minutos a pé.

ENDEREÇO

O templo de KIYOMIZU fica na cidade de Quioto,no distrito de HIGASHIYAMAKU-KIYOMIZU 1 TYOU-ME 294.

建仁寺と天龍寺

by Tadashi Saito; Ryoji Nioka

KEN NINJI
(建仁寺)
TEMPLO ZEN
Este templo foi construído em 1202 e, com a sua história de mais de 800 anos, é o templo Zen mais antigo do Japão. Aqui, apesar de Ken-Ninji estar localizado em Hana-Machi, Gion, no templo de Ken-Ninji, você pode sentir um mundo calmíssimo.
O seu recinto alberga vários objetos considerados Propriedade Cultural Importante e Tesouro Nacional. Um jardim japonês e a sala da chá do Shógun Toyotomi Hideyoshi são complementados com uma paisagem magnífica.
Particularmente surpreendente é a sala de Butsu-den, chamada Houdou. Houdou tem uma imagem budista do Shaka e uma pintura “Souryuzu” com dois dragões, no teto (pintura a comemorar os 800 anos do templo, em 2002)

Endereço:

Komatu-cho, Higashiyama-ku, Kyoto-shi.

Horário:

10:00-16:00

Preço:

500 ienes
Acesso:
10 minutos de táxi desdea Estação JR Kyoto
5 minutos a pé do ponto de ônibus: linha de 100: Higashiyama Yasui

Tel:

075-561-6363

E-mail:

kenninji@cello.ocn.ne.jp

URL:

http://www.kenninji.jp


Ten Ryuji
(天龍寺)
Este templo foi construído em 1339, por ocasião da morte do príncipe herdeiro Godaigo. Após oito incêndios devastadores, o templo Ten Ryuji foi reconstruído em durante o Período Meiji. Foi registrado como Patrimônio Mundial pela UNESCO em 1994.
No seu interior há muito para ver. Primeiro, logo na entrada, encontramos uma grande pintura de “Daruma” e “Unryuzu”. Se preferir, pode deliciar-se com a paisagem de Arashiyama, ou com a natureza da montanha onde se situa Ten Ryuji.
Se visitar Ten Ryuji, não pode deixar de ver Hogonin, com o seu verde no verão e as suas folhas vermelhas no outono. Aqui se encontra a famosa e misteriosa “Shishi-Iwa”, que significa “a Pedra de Leão”.

Endereço:

Saga,Ukyo-ku, Kyoto-shi.

Horário:

8:30-17:30

Preço:

500 ienes

Acesso:

Tome o ônibus nº28 na Estação de JR Kyoto e desça em “Arashiyama Ten Ryuji Mae”

Tel:

075-881-1235

URL

http://www.wanogakkou.com/hito/0140/0140_tenryuji.html

Templo Toji

by Ryosuke Yamamoto; Mariko Hatta; Yoshimasa Saito

Fundado em 794 em Imperador Kanmu, quando a capital do Japão se tornou Kyoto, o Templo Toji é um dos mais antigos do país.

“Toji” significa “Templo de Leste”, e a sua torre de 57 metros é a estrutura de madeira mais alta do Japão.

Desde 1994 que o Templo Toji é Patrimônio Mundial da Humanidade.

No dia 21 de cada mês, aqui se realiza um mercado de antiquarias.

HORÁRIO

9:00 – 16:00

ENTRADA:

500 ienes

ACESSO

Situado a apenas 500 metros a sudoeste da Estação de Kyoto.

Morada:

Kujo 1, Minami-ku, Kyoto
Tel: 075-691-3325

O templo Ryoanji

by Fumiko Ueno; Megumi Tanenaka

Ryoanji

Ryoanji é um dos mais conhecidos sekitei, jardins de pedra, japonês. Foi construído por Hosokawa Katsumoto, em 1450 (Período Muromachi).

Em 1467, durante a Guerra Ônin (Onin-no-Ran) foi destruído por um incêndio, mas voltou a ser reconstruído em 1488.

Este sekitei é o mais famoso exemplo de Karesansui, um estilo de jardim de pedra reconhecido pela sua beleza e simplicidade.

Ryoanji é Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1994 e ponto de passagem obrigatório para os muitos turistas que visitam a cidade de Quioto.

Acesso

Ônibus: desça na parada Ryoanjimae.
Trem: na linha Keifuku, desça na estação Ryoanji e ande cerca de 7 minutos.

Ginkakuji – o Templo de Prata

by Tomomi Serizawa

O verdadeiro nome de Ginkakuji (Templo de Prata) é Tozan-Jishoji e trata-se de um dos templos mais famosos de todo o Japão. Foi construído por ordem do oitavo Shogun do Período Muromachi, Ashikaga Yoshimasa (1436-1496), para servir como seu retiro de montanha. Após a morte do Shogun, o edifício tornou-se num templo budista.

A sua construção demorou oito anos e nele podemos descobrir a beleza austera e simples da cultura do Período Muromachi do séc. XV japonês.

Os jardins do Ginkakuji são tão famosos quanto o próprio templo e, quando o luar se reflete nas duas colinas de areia, ilumina o jardim e cria um contraste inesquecível, vendo a os contornos do Templo de Prata a recortar a paisagem.

Endereço: Ginkakuji-machi 2, Sakyo-ku, Kyoto-shi
Horário: 8:30-17:00 (de dezembro a fevereiro: 9:00-16:30)
Preço: 500 ienes (entrada para Hondo e Tokyudo mais 1000 ienes; entrada para Hondo, Tokyudo e Kanseido mais 2000 ienes)

ACESSO
Ponto de ônibus: Ginkakuji-Mae
Número de ônibus: 32, 203, 204 (Shi-Bus); 18, 51, 55 (Kyoto-Bus); 56, 56A, 57 (Keihan-Bus)