A cultura do chá ― espírito traditional do Japão

April 25, 2005

by Akiko Gomi; Chihiro Udono

No início, o chá era artigo de luxo na China e era tomado como remédio. Depois disso, o chá passou a ser tomado por prazer como uma bebida.
Na China, a cerimônia do chá desapareceu, mas, no Japão, o “Sado” é cultivado até hoje.

Os vários estilos do “Sado”

Há sete escolas principais que cultivam diferentes estilos do “Sado”.
No século 16, uma grande autoridade do “Sado”, Sennorikyu, que reformou e sistematizou a cerimônia, teve sete discípulos. Eles aprenderam o estilo e a filosofia do “Sado” diretamente de Sennorikyuu. Mais tarde, a doutrina de Sennnorikyuu foi ramificada pelos sete discípulos.

Os procedimentos da cerimônia em cada escola são muito minuciosos e diferem um pouco dos outros, no entanto, comungam
o mesmo espírito do “Sado”, por exemplo, a forma de preparar o chá.

O espírito do sado

● “Wa”: O espírito de harmonia
● “Kei”: O espírito de respeito e
amor aos outros
● “Sei”: Respeito ao ambiente limpo
e ao coração puro e formoso
● “Jaku”: O ambiente silencioso e
sagrado que deixa nosso
coração em quietude e
sossego.

O espírito do “Sado” se baseia na doutrina do budismo. Todos que querem se devotar ao “Sado” tentam aprender e exercitar este provérbio composto pelos quatro significados.

A cerimônia do chá

“Sado” é uma cultura religiosa e também uma síntese de várias artes.
Para realizar a cerimônia do chá, é necessário representar a beleza de qualidade artística no seu todo. Por exemplo, preparam-se os objetos de cerâmica valiosa, ornamentos ( flores, cerâmicas, obras de caligrafia), Kimono, um belo jardim, sala para a cerimônia, etc. Esta apresentação nunca deve ser chamativa, se harmonizando com a estação do ano, a temperatura, lugar, etc.
OAssim, as pessoas que assistem à cerimônia podem sentir prazer através dos cinco sentidos.


Doutrina de “Ichigo-ichie”

No japão, há um provérbio famoso : “Ichigo-ichie”. Isso significa que todos os encontros com pessoas são preciosos, pois provavelmente nunca teremos a mesma oportunidade de reencontro. Este provérbio nasceu na cerimônia do chá : uma idéia que cada ocasião é única e não se repetirá.
Com base nessa idéia, não se devem realizar duas cerimônias da mesma forma, que muda de acordo com as
condições.

Muitos estrangeiros têm estado interessados pela cultura do “Sado”, e há muitos visitantes que querem ter a experiência de participar da cerimônia. Podemos ter essa experiência em lojas que servem chá ou templos.
Aque listamos alguns lugares em Kyoto onde é feita a cerimônia do chá para visitantes comuns.

Templos

    • Kinkakuji
      Acesso : tome o ônibus de número 12, 59, 101, 204 ou 205. Desça na parada “Kinkakuji-doo” ou “kinkakuji-mae”.
      Custa : \400 (chá : \500)
    • Daitokuji
      Acesso : tome ônibus de número 1, 12, 204, 205 ou 206. Desça na parada “Daitokuj-mae”. Pode tomar chá em Zuoshoo-en no Daitokuji.

Custa : \300 (preço do chá à parte)

Casas de chá-

  • Tondaya
    Acesso : Tome o ônibus de número 51, 101 ou 203 e desça na parada “Ichijoo-modoribashi” ou “Horikawa-imadegawa”. Ande mais ou menos 10 minutos.

Custa : \1000

Museu do chá (Sado-Shiryookan)

Acesso : Tome o ônibus de número 9, 12 ou 67 e desça na parada “Horikawa-teranouchi” e ande mais ou menos 2 minutos para a direção norte.
Custa : \500~\800

Leave A Comment...

*