Mercado Nishiki

October 16, 2014

By Erika Ono, Natsumi Oku

O Mercado Nishiki

O Mercado Nishiki (em japonês: Nishiki Ichiba) é conhecido como a “cozinha de Quioto”. Ao longo de 390 metros de comprimento estão 126 lojas onde se podem comprar legumes, peixe e outros produtos frescos. Também é possível vir aqui comprar utensílios de cozinha e outros produtos sazonais.

 

O estilo atual em arcada data de 1993, mas este mercado tem um longa história, com séculos de existência. Diz-se que a primeira loja do Mercado Nishiki abriu no séc. XIV. Desde então, lojas especializadas em vários produtos de Quioto aqui se estabeleceram.

Hoje em dia, são muitos os visitantes deste local, não só habitantes de Quioto, mas também turistas japoneses e estrangeiros. Algumas das lojas oferecem amostras grátis, e também existem restaurantes e bares onde é possível degustar as iguarias de Quioto.

tsukemono

 

donuts de tofu

 

Outros dos prazeres possíveis no Mercado Nishiki é ir comendo enquanto se anda. Um dos exemplos são os donuts de tofu que mostramos na fotografia.

Este é, sem dúvida, um dos lugares mais típicos de Quioto e ponto de passagem obrigatório a todos os que querem experimentar não só o ambiente da cidade, mas também os seus sabores. Mesmo não sabendo falar japonês, é possível fazer compras e provar algumas das iguarias desta cidade.

 

Acesso

O Mercado Nishiki corre paralelo à Avenida Shijo, uma das avenidas centrais da cidade. Fica a cerca de cinco minutos a pé da estação de metro Shijo, ou da Estação Kawaramachi da Linha Hankyu.

A morada oficial é: Nishiki Koji-dori, Nakagyou-ku, Kyoto.

 

Horário

As lojas costumam estar abertas das nove horas da manhã até às cinco horas da tarde, mas muitas lojas fecham à quarta-feira ou ao domingo.

Yuba: A nata seca do leite de soja

Yuba: A nata seca do leite de soja

By Chizuru Tateno; Yuina Matsushita

 

 *História

 

Yuba é um alimento baseado no leite de soja e é um dos produtos típicos de Quioto. Primeiro aquece-se o leite de soja e é retirado um filamento que é a nata seca resultante desse aquecimento.

Julga-se que foi introduzido no Japão por monges budistas chineses no séc. X ou por monges budistas japoneses que visitaram a China no séc. XIII.

Desde a sua introdução no Japão que a Yuba está associada a Quioto e à alimentação dos monges budistas desta região.

 

As primeiras lojas de Yuba apareceram no início do séc. XVIII , atingindo o seu auge no início do séc. XX. Em 1980, havia mais de 20 lojas de Yuba em Quioto.

 

*Nutrição

Yuba é conhecida por “carne do campo”, pois tem um alto valor de proteínas, com a vantagem de não ter colesterol.

 

A nata seca do leite de soja

 

 

*Restaurante Nishida

 

Nishida fica perto do famoso Templo da Prata, o Ginkaku-ji, e é um restaurante especializado em Tofu e Yuba. Com uma decoração elegante, aqui poderá passar momentos de relaxamento.

 

 

Restaurante Nishida

Um dos menus disponíveis é o Tetsugaku-ozen, que consiste em:

* A bebida do leite de soja

* A verdura cozida da hortaliça e tofu frio

* O tofu de Quioto

* O arroz cozido da Yu-ba

* A conserva de legumes

 

 

Endereço: 14 Ginkakujimae-cho, Sakyou-ku, Kyotoshi.

 

Telefone: 075-751-2220

 

 

 

 

 

 

 

Yatsuhashi – Um docinho à base de farinha de arroz

Yatsuhashi  – Um docinho à base de farinha de arroz

By Madoka Kotani, Misaki Tada, Yasuyuki Ouchi

 

O que é Yatsuhashi?

“Yatsuhashi” é um doce tradicional japonês, famoso particularmente em Quioto. Os muitos turistas que visitam esta cidade compram “yatsuhashi” para oferecer como lembrança da sua visita a esta cidade. De acordo com os números do Instituto de Turismo de Quioto, 45,6 % dos turistas que visitaram esta cidade compraram este doce como lembrança.

Formas

A duração do sabor deste confeito é de 9 até 11 dias, aproximadamente.

Este doce é feito a partir de farinha de arroz, açúcar, e canela. Estes ingredientes são misturados, formando uma massa. Em seguida são cozinhados a vapor e cortados no tamanho decidido. Durante a sua confecção, podem ser produzidas duas formas: uma de retângulo e outra de quadrado. O doce em forma de retângulo tem duas maneiras de confecção: uma bem cozida e outra não. O doce com forma de quadrado é recheado com massa doce de feijão. A massa doce é cozinhada com feijão e depois fervida com açúcar. Esta massa é muito usada na doçaria japonesa, chamada “Wagashi”.

Ambos os tipos de “yatsuhashi” são polvilhados com “kinako”, um pó feito de soja frita.

Origem

Diz-se que a origem do”yatsuhashi” remonta ao ano de 1689, em pleno Período Edo. Nesse ano, yatsuhashi foi vendido pela primeira vez na confeitaria “Seigoin-Yatsuhashi” e “Nishio Yatsuhashi”. Nessa altura, existia apenas o yatsuhashi bem cozido. Somente a partir do ano 1960 é que começou ser vendido o yatsuhashi não cozido no forno e fofinho, que hoje é o mais popular no Japão.

Sabores

Normalmente, o sabor mais popular é o de canela. Além deste sabor, há yatsuhashi de matcha, sésamo, etc. Também encontramos recheio com Anko de chocolate ou frutas como morango e banana. Cada empresa confecciona um sabor diferente, por isso, um dos prazeres de passear em Quioto é ir descobrindo os vários sabores deste doce nas lojas que se encontram.

Locais de compra

Há muitas lojas que produzem e vendem o yatsuhashi. As mais famosas são:

Izutsu Yatsuhashi: Kawabata-dori-Shijo-agaru em Higashiyama-ku

Tel: 075-531-2121

10:00~21:00

http://www.yatsuhashi.co.jp/

Shogoin Yatsuhashi: 6banchi Sanou-cho-Shogoin em Sakyo-ku

Tel: 075-752-1234

8:00~18:00

http://www.shogoin.co.jp/

Honke Nishio Yatsuhashi: 7banchi Nhishi-machi-Shogoin em Sakyo-ku

Tel: 075-761-0131

8:00~17:00

http://www.8284.co.jp/

O yatsuhashi pode ser comprado também em quase todos os locais de interesse turístico da cidade, como por exemplo a Estação de Quioto, Gion, Arashiyama etc.

Yatsuhashi – um doce tipicamente japonês

O doce japonês

por Natsumi Oku; Erika Ono

 

Este doce deve o seu nome a um famoso músico e compositor de Koto: Kengyo Yatsuhashi. Koto é um instrumento de 13 cordas parecido com uma guitarra. Pouco depois de Kengyo Yatsuhashi falecer, em 1689, um doce parecido com a forma de uma guitarra Koto começou a ser comercializado perto do Santuário Shogoin. Hoje em dia, Yatsuhashi é dos doces japoneses mais típicos e representativos de Quioto.

Há vários tipos de Yatsuhashi:

O Namayatsuhashi usa farinha de arroz e açucar como ingredientes. O Katayakiyatsuhashi (antes conhecido por Yakisenbei) também usa farinha de arroz, mas é cozinhado. Ambos são muito famosos.

 

Recentemente, existem Yatsuhashi com os mais variados sabores, como por exemplo morango,  chocolate, castanha, chá verde em pó, banana ou até canela.

 

Muitos turistas compram Yatsuhashi como lembrança de Quioto. De todos os estrangeiros que visitam a cidade, quase metade (46%) compra estes doces como lembrança. O Yatsuhashi pode ser comprado em quase todas as lojas de lembranças na cidade de Quioto, como na Estação de Quioto, na Estação de Osaca ou no Aeroporto Internacional de Kansai.

 

 

Kyoyasai 〜 legumes com tradição 〜

by Kokoro Yoshikawa, Riko Yokota, Sayuki Yamamoto

 

 

A palavra “kyoyasai” é composta por dois elementos: “kyo” significa Quioto e “yasai” significa legumes em japonês.

 

Para um legume ser considerado “kyoyasai”, tem de cumprir pelos menos três condições:

1. ter uma história de cultivo pelo menos até ao Período Meiji (1868~1912)

2. os vegetais podem ser bambu, mas não cogumelos

3. ser cultivado em Quioto

 

Contudo, não há uma definição clara. A lista de “kyoyasai” reconhecidos por Quioto tem quarenta e um vegetais. O objectivo principal do cultivo do “kyoyasai” não é a sua comercialização. Um vegetal “kyoyasai” normalmente é mais nutritivo do que outros legumes. Muitos pratos à base de verduras usam frequentemente “kyoyasai”. Também são usados no “Obanzai”, um estilo gastronómico típico de Quioto.

 

Alguns exemplos de “kyoyasai” são:

– Kyo Takenoko: bambus cultivados em Quioto.

– Manganji Togarashi: Manganji é o nome de uma terra em Quioto. “Togarashi” é pimenta.

– Kamo Nasu; Kamogamo é o nome de uma terra no norte de Quioto. “Nasu” é beringela.

– Seigoin Daikon: Seigoin é o nome de uma terra em Quioto. “Daikon” é nabo.

– Mizuna: uma espécie de mostarda aromática cultivada inicialmente ao redor do Templo Mibu.

 

Em quase todos os mercados e supermercados de Quioto se pode comprar “kyoyasai”. Para todos as pessoas que visitam esta cidade, é uma oportunidade única para os experimentar.

 

Alguns restaurantes onde se pode experimentar “kyoyasai”:

 

Tawawa

Morada: Bano-cho, Karasuma-dori,Nakagyou-ku,Quioto-shi

Tel: 075-257-8058

Acesso: Descer na estação de Karasumaoike (saída nº4) e andar para sul.

Horário: das 11:00 às 23:00

Homepage: http://www.kyo-tawawa.co.jp/index.htm

 

                                       

 

Nakaya

 

 

Morada: Saiin, Nishi-zanzocho, Ukyo-ku 11-1

Tel: 050-5796-1610

Acesso: Descer na estação de Saiin

 

Yuba

by Erika Harada; Mamiko Takasaki; Yoshitomo Muroi

História de YUBA

  • Yuba é feijão coalhado.
  • Os coalhos de feijão secados vêm da China, tal como o Tofu.
  • A sua longa história tem mais de 2,000 anos.
  • Desde o início do séc. XIII, coalhos de feijão secados eram usados como ingredientes de arte culinária vegetariana por monges budistas de Quioto, nos templos zen budistas.
  • Estes coalhos de feijão fazem parte da cultura gastronômica de Kyoto.

A origem do nome de Yuba





O Yuba tem a aparência e textura da pele humana, como se fossem as suas rugas.

O Yuba foi então comparado às rugas de uma mulher idosa, chamada de“uba”(que significa avó).

Depois, pensa-se que o nome mudou para “yuba”.

Preparo do Yuba


Yuba é o coalho do leite de feijão-soja fervido. O resultado da fervura é o nama-yuba.
O nama-yuba pode ser comido como o sashimi, isto é, com molho de soja e wasabi.
Para além do que aqui foi descrito, pode provar vários pratos de Yuba em muitos restaurantes de Quioto.

Mercado Nishiki

by Serizawa Tomomi
Nishiki, com as suas mais de 100 lojinhas, é o mercado mais famoso de Quioto.
O seu nome já aparece registrado em obras literárias escritas em 1054, mas foi depois de acabar a guerra Onin (Onin-no-Ran), no século XVI, que Nishiki se tornou no mercado popular de Quioto.

Antigamente, existia uma pequena fonte perto de Nishiki, o que levou a que se estabelecesse como um importante mercado de peixe. Em Quioto não há mar, pelo que esta pequena fonte era utilizada para conservar os peixes trazidos via fluvial.

Ainda hoje, Nishiki se mantém um importante mercado não só de peixe, mas de todos os produtos culinários. Por este motivo, é comum chamar ao Nishiki a “Cozinha de Quioto”, pela simples razão que aqui podemos adquirir todos os produtos utilizados na culinária típica da cidade.

Quando se aproxima o ano novo, o mercado fica lotado com os habitantes da cidade a fazerem as suas compras para celebrarem o ano novo que se aproxima. Tudo se pode comprar em Nishiki, mas as iguarias japonesas como tsukemono ou tofu são muito apreciadas.

Aqui também existem alguns pequenos restaurantes, sítios privilegiados para experimentar a gastronomia japonesa.

ACESSO

Metrô: Estação Shijo (siga pela Avenida Shijo e vire à esquerda no department store Daimaru. Ande mais um pouco até chegar ao mercado.
Ponto de ônibus; Shijo-Takakura.

Cafés de Quioto

by Fumiko Ueno; Megumi Tanenaka
Quioto é uma cidade também famosa pelos seus belos cafés. Apresentaremos aqui alguns deles.

A apenas cinco minutos a pé da Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto situa-se o “Cam On Cafe”, na Avenida Shijo.

Visto de fora, não se entende o seu interior, mas ao entrar descobrimos uma pequena sala com apenas dois balcões e três mesas. As duas cores usadas na decoração, branco e castanho, evidenciam um design simples e escuro. É interessante verificar que dezenas de CDs e garrafas de bebidas decoram a sala, a que não faltam mesas, cadeiras e candeeiros a condizer com o ambiente do local. O que mais atrai a atenção dos clientes são as lâmpadas em forma de caranguejo e peixe. O cardápio escrito à mão e as paredes brancas causam igualmente boa impressão e a música cria um ambiente animado.
Todos os dias um novo cartaz recomenda aos transeuntes o cardápio do dia, onde constam não vários tipos de cafés, mas também deliciosas sobremesas e outras iguarias.

Às sete horas da tarde, este estabelecimento transforma-se num bar, onde são apresentados concertos de Blues, Soul, Jazz e outros gêneros musicais. Muitos estudantes da Universidade de Estudos Estrangeiros de Quioto aqui se “refugiam”. Que tal aproveitar a estadia em Quioto para passar momentos gostosos no “Cam On Cafe”?

Acesso para o café
Desce na estação Saiin na linha hankyu quioto e 8 minutos a pé.

O café “Sugary” é um lugar muito calmo, suave e claro.Tem cerca de trinta e um lugares sentados, apresentando um ambiente espaçoso. As cadeiras são coloridas: verde, rosa, roxo, etc, o que confere uma certa personalidade ao estabelecimento.

As paredes brancas têm um efeito relaxante a quem se desloca a este estabelecimento. No centro da sala encontram-se plantas e livros, que os clientes podem ler livremente.

O café “Sugary” é um ponto de encontro para muitos estrangeiros em Quioto.

Quando o cliente pede um café, o garçom faz um desenho original, com natas, dentro da chícara. Todos os pratros e bebidas do “Sugary” são deliciosos! Quem aqui se desloque, passará sem dúvida um tempo divertido.

Acesso

Pegue o metro para “Karasuma Oike” e desça na estação “Karasuma Oike”. Depois, ande mais ou 5 menos 5minutos para oeste até ao Café “Sugary”.


O terceiro estabelecimento aqui apresentado é o “Sarasa”, em Gokomachi. A sua fama é tal, que é assunto em muitas revistas japonesas.A mobília é feita de madeira, desde os abajures até ao zashiki (assento de estilo japonês). Uma pequena varanda é o complemento ideal a esta atmosfera.
Colocado muitas CDs, livros e fitas de vídeo e é espaço antigo, castanho e de ambiente gentil
É a casa pequena mas proocupa-se decoração e móveis.Está muitos jovens e os funcionários são muito simpáticos.
Pode tomar emprestado Jinsei game, Gameboy [máquina pequena de jogo]e Jenga por isso,recomentamos que vai com seus amigos e sua namorada!!

Acesso

Desce na estação Kawaramachi e anda para noroeste 10 minutos.
Fica na avenida Tominokouji esquina com avenida Sanjo,