O templo Ryoanji

April 26, 2007

by Fumiko Ueno; Megumi Tanenaka

Ryoanji

Ryoanji é um dos mais conhecidos sekitei, jardins de pedra, japonês. Foi construído por Hosokawa Katsumoto, em 1450 (Período Muromachi).

Em 1467, durante a Guerra Ônin (Onin-no-Ran) foi destruído por um incêndio, mas voltou a ser reconstruído em 1488.

Este sekitei é o mais famoso exemplo de Karesansui, um estilo de jardim de pedra reconhecido pela sua beleza e simplicidade.

Ryoanji é Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1994 e ponto de passagem obrigatório para os muitos turistas que visitam a cidade de Quioto.

Acesso

Ônibus: desça na parada Ryoanjimae.
Trem: na linha Keifuku, desça na estação Ryoanji e ande cerca de 7 minutos.

Mercado Nishiki

by Serizawa Tomomi
Nishiki, com as suas mais de 100 lojinhas, é o mercado mais famoso de Quioto.
O seu nome já aparece registrado em obras literárias escritas em 1054, mas foi depois de acabar a guerra Onin (Onin-no-Ran), no século XVI, que Nishiki se tornou no mercado popular de Quioto.

Antigamente, existia uma pequena fonte perto de Nishiki, o que levou a que se estabelecesse como um importante mercado de peixe. Em Quioto não há mar, pelo que esta pequena fonte era utilizada para conservar os peixes trazidos via fluvial.

Ainda hoje, Nishiki se mantém um importante mercado não só de peixe, mas de todos os produtos culinários. Por este motivo, é comum chamar ao Nishiki a “Cozinha de Quioto”, pela simples razão que aqui podemos adquirir todos os produtos utilizados na culinária típica da cidade.

Quando se aproxima o ano novo, o mercado fica lotado com os habitantes da cidade a fazerem as suas compras para celebrarem o ano novo que se aproxima. Tudo se pode comprar em Nishiki, mas as iguarias japonesas como tsukemono ou tofu são muito apreciadas.

Aqui também existem alguns pequenos restaurantes, sítios privilegiados para experimentar a gastronomia japonesa.

ACESSO

Metrô: Estação Shijo (siga pela Avenida Shijo e vire à esquerda no department store Daimaru. Ande mais um pouco até chegar ao mercado.
Ponto de ônibus; Shijo-Takakura.